Atualmente, as terapias holísticas vêm ganhando cada vez mais espaço e notoriedade dentre as pessoas que buscam autoconhecimento e melhor qualidade de vida, para serem mais bem sucedidas. Na prática, a palavra holístico significa ter um olhar terapêutico que considera o corpo, a mente e a alma.

Certamente terapias holísticas são a resposta para quem deseja viver uma vida mais equilibrada. Já que normalmente estamos imersos em muita informação, necessidade de superação constante e cada vez menos tempo para si.

Para esclarecer, técnicas como acupuntura, reiki, arcanjoterapia e thetahealing já estão sendo reconhecidas pelas pessoas como terapias que complementam tratamentos tradicionais. Por aumentar a velocidade de recuperação da sua saúde enquanto ao mesmo tempo transforma questões internas, elevando a autoestima e por consequência fortalecendo o sistema imunológico.

Técnicas naturais que lidam desde os estados mais sutis da essência humana até as questões mais cotidianas, não são novidades. Por exemplo, a medicina tradicional chinesa é 100% baseada no conceito de alinhamento entre corpo, mente e alma.

Então cuidar da alma, do seu interior gera um estado de plenitude e felicidade, combustíveis essenciais para materializar os nossos sonhos e as nossas conquistas, nos trazendo paz interior.

Ter uma mente clara e equilibrada, longe de distrações e aborrecimentos, eleva a performance proporcionando maior domínio sobre a realidade em que vivemos.

Prezar pela saúde física, cuidar da alimentação e fazer exercícios regulares são ações que nos geram maior resistência e disposição para concretizar nossos projetos.

Inúmeros estudos divulgados por universidades norte americanas e europeias constatam os benefícios que técnicas complementares vem proporcionando aos seres humanos de todas as idades e estilos de vida. Portanto, integrar às nossas vidas terapias holísticas é uma decisão inteligente e adequada aos tempos em que vivemos.

por Daniel Rodrigues – Fundador da Arcanjoterapia

Você também pode gostar: