“Todos somos seres humanos dotados de livre-arbítrio, o que implica no direito de vivermos nossas próprias experiências, respeitando o espaço do outro, para que ele também viva as dele”.

Obsessão pode ser definida como “apego excessivo a uma mesma ideia” e também como “ato daquele que perturba a outrem com impertinências, não respeitando a vontade alheia“.

Na prática das relações sociais, sabemos que infelizmente existem pessoas que invadem o espaço do outro, praticando violência psicológica, tentando aprisionar seus alvos a uma situação ilógica, que só faz sentido na mente do próprio obsessor.

Mas existem também as pessoas que, apesar de não cometerem atos obsessivos na prática, no entanto, o cometem em seus pensamentos obsessivos, que fluem para o alvo e passam a infringir tormentos difíceis de identificar, mas que causam tanto mal ou até mais do que qualquer ação obsessiva declarada.

Na Arcanjoterapia conseguimos identificar esse tipo de influência de pensamentos nefastos, seja ela vinda de uma pessoa ou de uma consciência extrafísica que, por algum motivo irracional, esteja perseguindo e perturbando o consulente.

Como viver sendo perturbado? Não há como! As influências obsesssivas precisam ser rompidas para que o equilíbrio energético seja recuperado.

Por meio de consultas com um Arcanjoterapeuta é possível identificar desde pessoas do nosso relacionamento até entidades malignas, com os mais diversos propósitos desequilibrados, que estejam nos influenciando, além de indicar qual o comportamento que devemos assumir para nos blindar e o passo a passo terapêutico para purificar toda essa situação, livrando o consulente desse tormento.

Existem influências obsessivas mais leves que são causadas pela nossa permanência em locais com baixo astral, ou seja, carregados por pensamentos e emoções de tristeza, doença, desesperança, enfim, por uma aura de baixíssima qualidade energética. Para esses casos, indicamos que você receba as boas energias de uma Mandala Terapêutica da Purificação, para que seus chakras e aura sejam desbloqueados e, consequentemente você possa voltar a pensar com clareza e a se sentir bem em todos os sentidos.

Infelizmente existem outras influências obsessivas que estão ligadas a nós por laços mais profundos, por conta daquilo que representamos de bom para a sociedade. Nesses casos tais energias obsessoras são verdadeiras perseguidoras e, estejamos nós onde estivermos, ainda assim sentimos que algo não está certo. Para esses casos, indicamos que você passe por uma Consulta particular e confidencial com um Arcanjoterapeuta, para que a situação seja revelada e avaliada, para então ser orientado e também receba uma atuação energética mais específica, a fim de afastar esse mal de sua vida.

Mas, sendo bem franco, devemos dizer que existem ainda algumas práticas raras, em geral muito antigas e nefastas, de influências obsessivas cruéis, que remontam a épocas nas quais o ser humano era capaz de cometer os maiores absurdos macabros para obter poder e influência sobre outras pessoas e que, na atualidade, algumas poucas pessoas ainda as praticam. Sendo assim, nesses casos mais graves de influências obsessivas, o Arcanjoterapeuta necessitará fazer um Mapa das Influências Obsessivas para diagnosticar em detalhes o que está afetando a vida do consulente, gerando uma sequência de sessões para o Tratamento Holístico de tais perturbações trevosas sofridas de maneira persistente, rompendo totalmente com esse mal que se abate sobre o consulente.

Em cada uma dessas atuações, desde a mais leve até a mais complexa, sempre visamos o reequilíbrio completo, a transformação para melhora da realidade à volta do consulente, devolvendo a vibração luminosa nos ambientes que vive e espelhando os benefícios àqueles com quem convive, para que tudo e todos fiquem imersos em uma aura de qualidade energética superior.

Quem somos

O que fazemos?

Consultas com Arcanjoterapeutas

Meditações Conectivas

Vivências com Propósito

Terapia, Anjos e Arcanjos?