Sim, obsessores são algo que assusta! Ao longo dos anos, vemos diversos filmes que retratam esses acontecimentos apavorantes mas nem sempre explicam como isso acontece.

Quando estamos sendo obsediados normalmente sentimos um cansaço excessivo, falta de energia para viver. Às vezes começamos a desenvolver doenças como pânico, depressão e ansiedade. Sentimos que carregamos um peso que não nos pertence.  

Todos somos seres humanos dotados de livre arbítrio, o que implica no direito de viver nossas experiências respeitando o espaço do outro, para que ele também viva o que desejar viver.

A obsessão pode ser definida como “apego excessivo a uma mesma ideia” e também como “ato daquele que perturba a outras pessoas com impertinências, não respeitando a vontade alheia“.

Podemos usar como exemplo relacionamentos abusivos, onde o abusador priva seu cônjuge de diversas coisas que deveriam ser normais no dia a dia de todas as pessoas, como usar a roupa que lhe convém.

Tipos de Obsessão

Existem diversos tipos de obsessões e vamos definir alguns deles:

Obsessão Impertinente: infelizmente, no convívio social sabemos que existem pessoas que invadem o espaço do outro, praticando violência moral e psicológica. Uma forma de prender seus alvos a uma situação ilógica que só faz sentido na mente do próprio obsessor.

Obsessão Impertinente Sem Ação: assim como a obsessão impertinente, existem pessoas que desenvolvem uma cadeia de pensamentos obsessivos e controladores mas não executam materialmente uma ação contra o alvo. Porém, seus pensamentos são tão fortes que o alvo passa a sentir essa influência energeticamente.

Obsessões Trevosas: existem ainda algumas práticas raras, antigas e nefastas de influências obsessivas cruéis. Nas quais os seres humanos eram capazes de cometer os maiores absurdos e macabros para obter poder e influência sobre outras pessoas. Na atualidade ainda existem poucas pessoas que as praticam.

Esse tipo de obsessão tem como único objetivo a destruição e causar pavor e desespero, tornando a vida do alvo um verdadeiro pesadelo. 

Influências

Influência de Locais: apesar de ser pouco reconhecida, é uma forte influência para nosso emocional e psicológico. Existem influências obsessivas que são causadas pela nossa permanência em lugar de baixo astral. Ou seja, lugares carregados de pensamentos e emoções de tristeza, morte, raiva, doenças, desesperanças e etc.

Existem lugares que logo percebemos essa baixa frequência, sensitivos sentem o famoso “arrepio na espinha”. Mas como somos seres adaptáveis, certas vezes nos habituamos a frequentar esses lugares e essas sensações passam despercebidas. E essas energias acabam drenando a nossa própria.

Lembre-se os piores “demônios” são causados e criados pela mente humana. Mas antes de expurgar as pessoas da sua vida, deixar de frequentar lugares e principalmente, acreditar que está sendo obsediado, seja coerente em suas análises. Busque ajuda de um arcanjoterapeuta para identificar se há e qual a origem dessas energias obsessivas.

Você também pode gostar: